peter hammondFRONTLINE FELLOWSHIP: UM EXEMPLO DE ORGANIZAÇÃO MISSIONÁRIA
Por Frank Brito

“Deus não somente protege e defende o Reino de Cristo, mas também estende seus limites em todas as direções, e então preserva e transmite-o adiante em progresso ininterrupto até a eternidade… Não devemos julgar sua estabilidade a partir da presente aparência das coisas, mas a partir da promessa, que nos assegura de sua continuidade e de seu crescimento constante”. (João Calvino)

“Todos os limites da terra se lembrarão e se converterão ao Senhor, e diante dele adorarão todas as famílias das nações”. (Sl 22.27)

Na última postagem deste blog, “A Superioridade do Reconstrucionismo Cristão no Campo Missionário”, foi falado, em linhas gerais, sobre como um trabalho missionário deve funcionar. Foi apresentado uma teologia de missões verdadeiramente fiel ao Cristianismo Reformado histórico. Desde o princípio, a fé Reformado tem sido caracterizada por uma forte ênfase na Soberania de Deus, no Senhorio de Cristo e na vida do homem dedicada a glória de Deus. “Jesus Cristo é o Senhor” (Fp 2:11), este é o fundamento inabalável da fé que professamos. “Porque dEle e por Ele, e para Ele, são todas as coisas”(Rm 11:36), esta é a motivação de nossas vidas. Portanto, só é uma teologia de missões verdadeiramente Bíblica e Reformada aquela que, desde o princípio, enfatize o completo Senhorio de Cristo sobre todos os aspectos da realidade e da vida, “levando cativo todo o entendimento à obediência de Cristo” (II Co 10:5). Meu propósito agora é o de dar um exemplo concreto de uma organização missionária assim: a Frontline Fellowship. O fundador e presidente da Frontline Fellowship é o Dr. Peter Hammond. Outros exemplos poderiam ser citados. Cito o trabalho do Dr. Peter Hammond porque, apesar dos muitos homens, mulheres e organizações fiéis que existem no campo missionário, acredito que dificilmente seja possível encontrarmos um missionário vivo e uma organização mais firme, fiel e corajosa do que a Frontline Fellowship liderada pelo Dr. Peter Hammond. Seu trabalho e sua organização são exemplos a serem imitados por toda a Igreja de Deus. Segue abaixo informações retiradas do próprio site da organização:

SOBRE A FRONTLINE FELLOWSHIP

Frontline Fellowship busca glorificar a Deus por meio de:

– Evangelismo em zonas de guerra
– Assistência à igrejas perseguidas
– Trabalho em prol da Reforma e Avivamento da África

Servindo a Deus na Angola, Moçambique, Malawi, Nigéria, África do Sul, Sudão, Zâmbia, Zimbábue e Congo.

EVANGELISMO EM ZONAS DE GUERRA

Frontline Fellowship é uma missão bíblica na África que foi pioneira no trabalho missionário em campos missionários negligenciados e em áreas resistentes ao Evangelho. Desde 1982, missionários da Frontline têm viajado centenas de milhares de quilômetros a pé, de motocicletas, canoas, caminhões e aviões para proclamar o Evangelho do arrependimento e fé para soldados, guerrilhas, combatentes da resistência e civis de todos os lados de muitos conflitos africanos.

O Fundador e Diretor da Frontline Fellowship, o Dr. Peter Hammond, já foi pessoalmente à mais de 100 missões em zonas de guerra e já pregou mais de 12.000 sermões, estudos bíblicos e palestras em 33 países. No decorrer de suas atividades missionárias alguns missionários da Frontline Fellowship já foram emboscados, estiveram sob bombardeio de artilharias e fogo de morteiro, foram esfaqueados, tomaram tiros, apanharam de multidões e foram presos. A base missionário e ensino médio da Frontline Fellowship repetidamente sofreu bombardeios aéreos das Forças Aéreas do Sudão (10 vezes em 18 meses). No decorrer dos anos, 20 pessoas envolvidas em trabalhos da Frontline Fellowship já foram presas em países Marxistas ou Muçulmanos. Mas, pela graça de Deus, todos foram libertos como resultado de oração e pressão perseverante (Lc 18:1-5).

AJUDANDO IGREJAS PERSEGUIDAS

A Frontline Fellowship tem estado na vanguarda em diversas áreas:

– Sendo pioneira no trabalho missionário na Angola, Moçambique e Sudão assolados por guerras.
– Criando abertura em áreas negligenciadas e de acesso restrito.
– Ajudando cristãos perseguidos e prisioneiros com livros, ajuda emergencial (incluindo toneladas de remédios, comida, roupas, sementes e ferramentas), encorajamento e ensinamento bíblico.
– Desenvolvendo uma rede de transportadores e evangelistas para distribuir muitas toneladas de Bíblias, em até 100 idiomas diferentes, para cristãos sofridos.
– Providenciando treinamento amplo de liderança para milhares de pastores, evangelistas, capelães, professores, enfermeiros e autoridades civis em áreas negligenciadas.
– Defendendo os perseguidos, publicando os sofrimentos e testemunhos dos crentes por escrito, no rádio, na TV e em centenas de encontros internacionais por ano.

TRABALHANDO POR REFORMA E AVIVAMENTO

A Frontline Fellowship é uma das principais forças de liderança no treinamento e cooperação pela Reforma. Frontline Fellowship publica, em média, 80 itens por ano e já distribuiu milhões de panfletos, livretos, livros e Bíblias na África.

Frontline Fellowship organiza cerca de 20 seminários, conferências e oficinas por ano. Por meio de livros e treinamento de líderes, Frontline Fellowship está educando e engajando dezenas de milhares de cristãos a “discipular as nações… ensinando-os a obedecer” (Mt 28:19-20). Só no Sudão, desde 1995, a Frontline Fellowship já treinou centenas de pastores, capelães, médicos e professores. Frontline Fellowship já distribiu mais de 300.000 Bíblias e livros cristãos em 21 idiomas em 14 regiões do Sudão. Em Zimbábue, Frontline está distribuindo comida, medicamento e as Escrituras em alguns dos lugares mais desesperadamente necessitados e também treinando a liderança.

SOBRE O FUNDADOR E DIRETOR – DR. PETER HAMMOND

Peter nasceu na Cidade do Cabo (em 1960) e foi criado em Bulawayo (que na época ficava na Rodésia que estava destruída pela guerra e agora é Zimbábue). Ele se converteu a Cristo em 1977, trabalhou na Scripture Union e Hospital Christian Fellowship, serviu nas forças armadas da África do Sul (South African Defence Force) e estudou no Baptist Theological College na Cidade do Cabo. Ele também obteve um Doutorado em Missiologia e recebeu o título honorário de doutor em Divindade. Peter é casado com Lenora, cujos pais missionários Rev. Bill e Harriett Bathman foram pioneiros no trabalho missionário, a maior parte no Leste Europeu, por 60 anos. Peter e Lenora foram abençoados com 4 filhos: Andrea, Daniela, Christopher e Calvin.

Por mais de 30 anos, o Dr. Peter Hammond foi pioneiro em trabalhos missionários, incluindo em zonas de guerra no Moçambique, Angola e Sudão. Frequentemente viajando de motocicleta, Peter já viajou centenas de milhares de quilômetros para entregar Bíblias para cristãos perseguidos na África e no Leste Europeu. No decorrer de suas atividades missionárias, Peter já já foi emboscado, esteve sob bombardeio de artilharias e fogo de morteiro, tomou facadas e tiros, apanhou de multidões e foi preso. Em algumas viagens ele já conseguiu passar por linhas inimigas até as montanhas Nuba na parte central do Sudão com toneladas de Bíblias, livros e remédios. Ele andou andou no meio das montanhas Nuba, devastadas pela guerra, mostrando o filme Jesus em árabe, proclamando o Evangelho, treinando pastores e fugindo de patrulhas inimigas.

Rev. Peter Hammond é o fundador e diretor da Frontline Fellowship, fundador e presidente da Africa Christian Action, diretor da Christian Action Network e presidente da Reformation Society. Ele é o autor de “Faith Under Fire In Sudan” (“Fé Sob Ataque no Sudão”), “Holocaust in Rwanda” (“Holocausto na Ruanda”), “In the Killing Fields of Mozambique” (“Nos Campos de Matança do Moçambique”), “The Great Comission Guide” (“O Manual da Grande Comissão”), “The Biblical Worldview Manual” (“O Manual da Cosmovisão Bíblica”), “Putting Feet to your Faith” (“Colocando Sua Fé em Ação”), “Greatest Century of Missions” (“O Maior Século em Missões”), “Biblical Principles for Africa” (“Princípios Bíblicos para a Africa”), “Discipleship Handbook” (“O Manual do Discipulado”), “Slavery, Terrorism and Islam – The Historical Roots and Contemporary Threat” (“Escravidão, Terrorismo e Islã – As Raízes Históricas e a Ameaça Contemporânea”), “The Greatest Century of Reformation” (“O Maior Século de Reforma”), “The Power of Prayer Handbook” (“O Manual do Poder da Oração”), “Practicle Discipleship” (“Discipulado Prático”), “Answering Skeptics” (“Respondendo aos Céticos”), “Victorious Christians Who Change the World” (“Cristãos Vitoriosos Que Mudaram o Mundo”). Ele também é editor do Frontline News e da Christian Action Magazine. Peter desenvolveu também um seminário de Cosmovisão Bíblica e um curso de Grande Comissão para mobilizar as igrejas a aplicar a Soberania de Cristo de maneira ampla em todas as áreas da vida.

Peter tem uma grande paixão por história e por animais selvagens. Ele ama ler, especialmente história e documentos primários da Reforma Protestante e de missões. Com toda sua família, ele gosta de fazer caminhadas e de alpinismo. Também já esteve envolvido no resgate e cuidado de uma grande variedade de animais selvagens e domésticos, incluindo pinguins.

Deste 1995, Peter tem um programa de rádio, “Sal e Luz”, na Rádio Tygerberg na Cidade do Cabo. Por seu desejo de aplicar a Soberania de Cristo a todas as áreas da vida, Peter é ativamente envolvido em inúmeras questões sociais. Desde 1991 ele tem vigorosamente promovido a causa pró-vida na África do Sul, tendo iniciado e mobilizado o Life Chains , o Sanctity Life Sunday (Domingo da Santidade da Vida) e o Dia Nacional de Arrependimento . Ele mobilizou inúmeras marchas até o Parlamento, incluindo a marcha “Christian Voice” (“Voz Cristã”) em 1995 e 1996, que mobilizou mais de trinta mil cristãos a protestarem contra o novo estado secular que estava sendo planejado e sua aprovação constitucional do aborto, da pornografia e de outras iniquidade sociais. Peter tem sido regularmente chamado para apresentar propostas a diversos subcomitês no Parlamento. Ele foi o co-autor e contribuiu para diversos livros lidando com questões sociais na África incluindo, “Fight For Life – A Pro-life Handbook for Southern Africa” (“Lute Pela Vida – Um Manual Pró-Vida Para o Sul da África”); “Make a Difference – A Christian Action Handbook For Southern Africa” (“Faça a Diferença – Um Manual Cristão Para o Sul da África”); “South Africa – Renaissance or Reformation?” (“África do Sul – Renascimento ou Reforma?”); “Finding Freedom From The Pornography Plague” (“Encontrando a Liberdade da Praga da Pornografia”), “The Pink Agenda – Sexual Revolution and the Ruin of the Family In South Africa” (“A Agenda Rosa – Revolução Sexual e a Ruína da Família na África do Sul”), “Character Assassins – Dealing with Ecclesiastical Tyrants and Terrorists” (“Assassinos de Caráter – Lidando com Tiranos e Terroristas Eclesiásticos”) e “Reforming Our Families” (“Reformando Nossas Famílias”). Estes livros e campanhas levaram a inúmeras oportunidades para apresentar os princípios bíblicos por meio de artigos em jornais e em programas nacionais de rádio e TV.

Peter é fortemente compromissado com a educação cristã, tendo ajudado a promover a educação cristã e o ensino doméstico na África do Sul por mais de 20 anos. Ele e sua esposa Lenora educam seus quatro filhos em casa e ajudam a fornecer livros didáticos cristãos por meio do ministério Christian Liberty Books. Por meio de seu programa “Livros Didáticos Para Professores” tem fornecido milhares de livros didáticos cristãos para escolas cristãs comunitárias na Zâmbia e no Sudão. Ele também é envolvido na mobilização de apoio para cristãos que sofrem no Zimbábue e providenciando ajuda emergencial para as vítimas do comunismo neste país.

Peter está regularmente envolvido em evangelismo pessoal e na distribuição de literatura nas ruas das cidades. Desde que ele se converteu há 34 anos, Peter tem o costume de ir em algumas das áreas mais pobres e negligenciadas para distribuir literatura em massa, mostrar filmes evangelísticos, falar pessoalmente com as pessoas para evangelizá-las e discipular. Ele também evangeliza e discipula em acampamentos, favelas, guetos, em rodoviárias, em estações de trem, em prisões, em bases militares e hospitais.

Ele é um missionário membro da Livingstone Fellowship e ministro da Igreja Episcopal do Sudão.

Para quem quer conhecer mais as ideias do Frontline Fellowship, recomendo a leitura do “Manifesto for Christians in Southern Africa: Foundations for a Biblical Worldview”.